filtro-solar-quanto-tempo-dura-protecao

Filtro solar: quanto tempo dura a proteção?

Na próxima vez que você for para a praia, lembre-se de verificar se o protetor solar ainda faz efeito, já que sua eficácia ajuda na prevenção de câncer de pele. Embora o protetor solar possa durar mais do que as sobras do restaurante, ele ainda tem uma data de validade.

Essa data depende de como o protetor solar é armazenado, disse Georgios Imanidis, professor de tecnologia farmacêutica da Universidade de Ciências Aplicadas do Noroeste da Suíça.

Se o protetor solar for armazenado em um local fresco e seco – em um armário, por exemplo – pode durar anos, talvez até cinco a 10 anos, disseram os especialistas. A maioria dos fabricantes de protetor solar afirma que o filtro solar é eficaz por três anos, desde que o produto seja armazenado em condições ideais.

Mas as pessoas costumam levar protetor solar para a praia, deixá-lo em seus carros quentes ou colocá-lo em suas mochilas ao ar livre. Quando o protetor solar esquenta, seus componentes quebram mais rápido, fazendo com que expire mais cedo do que o normal, talvez até em seis meses a um ano.

Ingredientes do protetor solar

O filtro solar contém compostos inorgânicos, como óxido de zinco ou dióxido de titânio, que previnem queimaduras solares absorvendo ou refletindo a radiação ultravioleta (UV) que, de outra forma, penetraria na pele.

Mas o protetor solar também contém ingredientes que dão à loção um cheiro perfumado e facilitam a aplicação. Esses componentes incluem óleos naturais e aloe vera, bem como aditivos como emulsificantes (substâncias que ajudam os óleos e a água a se misturarem em uma única substância).

O primeiro componente a quebrar é geralmente o emulsificante. Sem esse ingrediente, a água e o óleo se separam. Isso pode fazer com que o protetor solar fique viscoso ou granuloso, ou simplesmente não adira à pele tão bem como costumava, afirmam os especialistas.

Conclusão

Para evitar esse problema, os usuários devem simplesmente dar uma boa sacudida no protetor solar e depois aplicá-lo, desde que não seja muito velho, aconselharam os especialistas.

Conforme o filtro solar envelhece (ou é exposto a muito calor e umidade), seus outros ingredientes se degradam e interagem uns com os outros, levando-os a perder algumas de suas propriedades bloqueadoras do sol.

Mas depois de tudo isso, o protetor solar não perde completamente suas propriedades. Pode perder sua potência até certo ponto, mas ainda é um protetor solar.

Por exemplo, um protetor solar com fator de proteção solar (FPS) de 55 pode envelhecer e se tornar um protetor solar com FPS 40 ou 30 ao longo do tempo. O número FPS refere-se a quanto tempo uma pessoa pode ficar ao sol sem se queimar. Se uma pessoa normalmente se queima de sol em 10 minutos , com FPS 30, ela pode ficar 30 vezes mais tempo, ou 300 minutos (5 horas).

No entanto, poucas pessoas usam tanto protetor solar quanto os fabricantes recomendam. Para não precisar tirar a escama na praia, coloque o equivalente a um copo cheio de protetor solar nas partes expostas do rosto e do corpo.

Além do mais, como as pessoas podem usar protetor solar vencido (que é menos eficaz) e não colocar protetor solar suficiente em geral, é aconselhável reaplicá-lo com frequência, a cada 2 a 3 horas. Já que com ele, as chances de você desenvolver um câncer e consequentemente ter que fazer uma cirurgia de câncer de pele diminuem.

Você pode passar por um tubo que tem cerca de 60 ou 88 mililitros em uma semana. Os sprays de proteção solar são menos eficazes do que produtos mais espessos, como cremes.

Se você tem um creme relativamente espesso e sai ao sol, pode aplicá-lo duas ou três vezes ao dia. Se tiver um spray, provavelmente use a cada hora. De qualquer forma, sempre use o protetor.

Rolar para cima