Como montar uma dieta equilibrada em casa, você mesma?

como-montar-dieta-equilibrada

Com o objetivo de garantir uma excelente qualidade de vida, há diversos fatores que você deverá considerar na sua dieta. A alimentação é um dos principais destaques dentro desse processo. E é preciso sempre manter uma alimentação que seja altamente equilibrada e saudável, principalmente dentro de um dia super agitado.

Diversas pessoas tentam seguir uma dieta, porém com a falta de tempo elas tendem a não seguir a dieta à risca. Por conta disso, é imprescindível sempre planejar e organizar o seu cardápio sempre da melhor forma possível com o objetivo de garantir o melhor da sua saúde. Além das dicas, é indicado que você faça um Curso Online da área da nutrição para aprender sobre como montar uma dieta.

Pensando nisso, neste artigo preparamos algumas dicas para lhe ajudar a criar um cardápio que seja totalmente saudável para melhorar a sua saúde.

Vamos lá?

Cardápio saudável

Com o objetivo que você tenha mais emoção e energia durante o seu dia a dia, você deve sempre estar atento com a sua saúde, principalmente quando relacionado com o seu corpo. Pois, comer qualquer alimento na rua não é algo  saudável e pode prejudicar muito a sua saúde.

Além disso, outros fatores devem ser considerados na hora de consumir, como o modo de preparo e a combinação de ingredientes utilizados no alimento. Todos esses são fatores importantes que afetam sua qualidade de vida.

Por isso, os cardápios são essenciais para você controlar sua alimentação. Dessa forma, você pode planejar suas refeições com a nutrição certa e a quantidade certa de alimentos.

Os benefícios de uma alimentação saudável

Com o objetivo de manter uma alimentação totalmente saudável, um bom cardápio deve trazer excelentes benefícios. Veja:

  •         Compreender e avaliar os diferentes hábitos alimentares ao planear as refeições;
  •         Os menus permitem refeições mais nutritivas e variadas. Dessa forma, além de evitar exageros e tentações dos restaurantes, você pode controlar a comida que será servida;
  •         Economizar é uma das vantagens. Com planejamento, você evita a compra de produtos desnecessários e controla o desperdício;
  •         Uma rotina diária saudável é um fator muito benéfico, a rotina visa determinar todos os horários das refeições e contribui para uma alimentação que seja mais saudável.

O cardápio é de grande ajuda para quem quer perder ou manter o peso. Como resultado, você pode controlar os alimentos que o ajudam a atingir seus objetivos e gerenciar melhor seu peso.

Os menus combinados trazem muitos benefícios à saúde, pois envolvem uma organização completa dos alimentos.

O que deve estar em um cardápio saudável?

Na hora de organizar seu cardápio, você precisa estar sempre atento com as suas prioridades. Não é qualquer tipo de alimento que você poderá adicionar à sua refeição, portanto, entender a hierarquia dos alimentos é fundamental.

Não ache que milagres vão acontecer e você irá saber como perder 10kg em 7 dias por que dietas não funcionam assim.

Os seguintes alimentos são essenciais:

Podemos destacar que os carboidratos são a principal fonte de energia para o corpo humano. A base da nossa dieta são os carboidratos. Portanto, alimentos como pão, arroz, aveia, etc. são essenciais, preferencialmente na forma integral. No entanto, não é exagero dizer que eles são recomendados para serem consumidos de forma equilibrada.

Vegetais e frutas crus devem ser incluídos na dieta. Esses alimentos fornecem muita fibra dietética e água no corpo. Além disso, eles são baixos em calorias e ricos em vitaminas e minerais.

As proteínas são essenciais com o objetivo de manter uma alimentação totalmente saudável, pois elas fortalecem a estrutura do seu corpo.

Monte um cardápio em cinco passos

Podemos destacar que montar um cardápio não é um processo muito complicado, mas é preciso sempre considerar alguns critérios.

O menu deverá sempre ser adequado para quem não tem restrições alimentares.

  1. Coloque o cardápio no papel

Primeiro, é importante que você coloque seu plano no papel, pois isso facilita o processo. Faça uma planilha com sua programação e o que está no seu cardápio, como:

8h – café da manhã;

10h30 – café da manhã;

13h – almoço;

16h – lanche da tarde;

19h00 – Jantar.

  1. Escolha a quantidade certa dos nutrientes

Mesmo que sejam elementos saudáveis, é fundamental sempre consumir alimentos com uma grande moderação. Além disso, sempre tome cuidado quando for combiná-los entre si, para não inventar modismos.

Escolha sempre:

1 proteínas;

2 carboidratos;

5 verduras;

1 à 3 frutas.

  1. Mude a forma do preparo

É muito importante sempre mudar a forma de preparo dos alimentos, comer peito de frango grelhado e cenoura ralada a semana inteira poderá lhe enjoar, e assim você acabará não se alimentando.

Procure sempre maneiras diferentes de preparar as suas refeições, adicionando assim pequenos ingredientes como, por exemplo: cebola, temperos verdes e molhos.

  1. Prepare a comida e semi preparada

Para economizar tempo, é importante ter alimentos prontos ou semi preparados.

  •         Esterilize vegetais e frutas sempre que possível;
  •         Deixe a proteína assar ou assar;
  •         Carboidratos, cozidos ou assados.
  1.  Acorda cedo e prepare o seu café da manhã

Busque sempre fazer uma receita ou duas com uma certa antecedência para o seu café da manhã. Tenha em mente o que você irá comer com essas refeições, com o objetivo que você possa gastar menos tempo decidindo o que irá comer.

Adicione biscoitos, mingau, pão, biscoitos, frutas e nozes às suas receitas, mas não exagere no consumo.

Podemos destacar que essas cinco dicas são essenciais para tornar o processo de composição do cardápio simples e prático.

Manter uma alimentação saudável é vital para garantir uma boa saúde, por isso é importante criar seu cardápio com os alimentos certos. Apesar da falta de tempo, é possível acompanhar sua alimentação.

Você também pode fazer um Curso Online com o objetivo de conquistar novos conhecimentos, e assim saber criar um cardápio saudável, o cardápio sempre deverá corresponder com os seus objetivos e necessidades.

Por conta disso, é sempre importante consultar um nutricionista, ele vai lhe orientar da melhor forma possível.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Certificado Cursos Online, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre cursos, educação e diversos segmentos.

 Post Anterior: Perigos de comer alimentos apimentados, segundo a ciência

 

Compartilhar este post:

Juliana Borges Nutricionista

Juliana Borges Nutricionista

Nutricionista [CRN-1 18734] e atleta de fisiculturismo desde 2016, atual Bicampeã Brasileira na categoria Wellness.

Você vai gostar também